sábado, 5 de novembro de 2011

PROJETO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO. (AEE)

COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO/ PIRITUBA.

EMEF. '' MONTEIRO LOBATO. ''

Ano Letivo: 2010.

PROFESSORA: Elaine Cristina A. de Carvalho Leal

PROJETO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL
                     ESPECIALIZADO. (AEE)

I-               JUSTIFICATIVA
O presente projeto justifica-se, partindo do entendimento de ações de acompanhamento e atendimento aos alunos portadores de necessidades educacionais especiais, matriculados nesta Escola, como integradas às ações educativas e inseridas na construção curricular da Unidade Educacional, com o compromisso de reverter o quadro de exclusão escolar ocasionado pelas limitações físicas, sensoriais e intelectuais dos alunos e das precárias oportunidades de assessoramento das respectivas famílias.
As ações de Atendimento Educacional compreendem o trabalho contínuo e articulado da Professora em questão com os demais professores, nos momentos de planejamento, estudo, análise e elaboração de propostas de intervenção pedagógica, mediadas pela Coordenação Pedagógica.

II-           OBJETIVOS
·      Favorecer a participação dos alunos no processo de desenvolvimento das habilidades de motricidade, percepção, memória, linguagem, aritmética e conceitualização, por meio de intervenções pedagógicas que auxiliem na construção das competências de leitura, escrita e raciocínio lógico matemático.

III- AÇÕES
  • Elaborar, desenvolver e registrar todas as etapas do projeto “Atendimento Educacional Especializado”, junto aos Professores e Familiares, em diferentes momentos da ação educativa, considerando os interesses e as necessidades de aprendizagem dos alunos.
  • Elaborar ações de Atendimento Educacional Especializado em conjunto com os Professores das classes regulares, tendo como foco uma ação integrada a favor da aprendizagem desses alunos.
  • Propor à reorganização dos tempos e dos espaços, em diferentes horários e ambientes educativos, de modo a favorecer a ação educativa, a integração dos grupos e o atendimento às especificidades dos alunos.
  • Participar do estudo, análise e elaboração das propostas para a intervenção pedagógica necessária, em conjunto com os Coordenadores Pedagógicos da Unidade e com o coletivo de Professores;
  • Organizar uma proposta semanal de trabalho, estabelecendo horários de atendimento aos alunos e às suas famílias para acompanhamento, apoio e orientação;
  • Estimular e controlar a freqüência dos alunos e, quando de suas ausências, solicitar justificativa dos pais ou responsáveis.
  • Análise, discussão e sistematização das ações como constitutivas da prática educativa;
  • Elaboração de formas sistemáticas de registro e acompanhamento da prática educativa.
  • Promover uma avaliação sistemática e continuada do Processo de Atendimento Especializado dos alunos atendidos.
  • Estimular a freqüência e a participação dos alunos nas atividades propostas no AEE.
  • Utilizar os diferentes recursos e espaços disponíveis na Unidade Escolar.
  • Definir intervenções pedagógicas, durante as aulas, necessárias à superação das dificuldades detectadas partindo de atividades significativas, diversificadas e específicas do ciclo da Educação Fundamental, tais como: oralidade, escrita, leitura, raciocínio lógico matemático e a dinâmica da inteligência cinestésico- motora, além da interpretação de textos diversificados e de seus portadores sociais.
  • Integrar os pais e responsáveis, no trabalho desenvolvido no AEE, buscando participação e colaboração na freqüência e acompanhamento das atividades dos alunos atendidos.
  • Propor estratégias que favoreçam aos alunos a oportunidade de construção de habilidades básicas, facilitando o desenvolvimento cognitivo, através da identificação dos possíveis problemas e barreiras pedagógicas, através de registros individualizados de avaliações realizadas durante os atendimentos, proporcionando ao aluno a apropriação de um ambiente de aprendizagem rico, aprimorando as habilidades naturais de cada criança.
PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
  • Partindo do trabalho de construção dos diferentes tipos de habilidades: observação, conhecimento, compreensão, comparação, separação, reunião, consulta, conferência e habilidades sociais, atuarei como mediadora do processo de construção e aprimoramento das competências de escrita e leitura, por meio de jogos e atividades lúdicas, fazendo uso das diferentes linguagens possíveis.
  • Organização de projetos mensais e/ ou bimestrais, visando o desenvolvimento de habilidades físicas, perceptivo motoras, atenção, concentração, localização espacial específicas para o bom desempenho social, afetivo e pedagógico dos alunos, contextualizadas com temas abordados no Projeto Pedagógico da Escola.
  • Redimensionamento das ações do Atendimento Educacional Especializado, partindo das necessidades que forem surgindo, no decorrer das intervenções pedagógicas propostas e das necessidades apontadas pelos Professores dos alunos envolvidos.
III-       RECURSOS
  • Sala de Informática, Sala de Literatura, Salão, Quadra, Pátios e demais dependências da Unidade escolar, com todos os recursos disponíveis: jogos, livros, material escolar e brinquedos educativos.
IV-       AVALIAÇÃO
·      A avaliação dos alunos será realizada através de sondagens periódicas, através da observação dos desempenhos pedagógicos e sociais na realização das atividades propostas.
·      A avaliação do projeto do AEE será realizada pela Equipe Escolar verificando a funcionalidade do mesmo, em relação aos alunos atendidos.

V-            REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • FERREIRO Emília. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo, Cortez.
  • GARCIA, Regina Leite. Alfabetização dos alunos das classes populares. São Paulo, Cortez.
  • LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo, Ática, 2001.
  • WEISZ, Telma. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo, Editora Ática, 2001.
  • FRUG, Chrystiane Simões. Educação Motora em portadores de deficiência. Editora Plexus, 2001.
  • ANTUNES, Celso. Trabalhando Habilidades- Construindo idéias. Editora Scipione, 2002.
  • LORENZINI, Marlene V.. Brincando a brincadeira com a criança deficiente: novos rumos terapêuticos. Manole Editora, 2002.
  • PICO, L. e VAYER, P.. Educação Psicomotora e Retardo Mental- 4ª edição. Manole Editora Ltda., 1988.
  • WADSWORTH, Barry J. . Piaget para o Professor da Pré- Escola e 1º Grau- 3ª edição. Biblioteca Pioneira de Ciências Sociais, 1989.

                                     Profª Elaine Cristina Alves de Carvalho Leal.

14 comentários:

  1. Parabéns professora, li seu projeto e gostei bastante, sou professora também da sala multifuncional (AEE).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana!
      Obrigada pela visita!
      Abraço!
      Elaine.

      Excluir
  2. Trabalho com APAEE e realmente é um trabalho desafiante, mas também apaixonante! Ainda encontro algumas dificuldades com os preconceitos atitudinais, a falta de sensibilidade de alguns, mas acredito na superação.
    parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também!
      É isso que nos move!
      Abraço!
      Elaine.

      Excluir
  3. Parabéns ! Adorei o projeto bastante enriquecendor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigada e volte sempre para trocarmos informações.
      Abraço!
      Elaine.

      Excluir
    2. Professora, parabéns você realmente acertou com esse projeto, nota mil. Com certeza terá um bom resultado

      Excluir
  4. Otimo seu projeto parabéns !!! Me ajudou muito .

    ResponderExcluir